XXX FEMUSOJA
PLANTIO DO MILHO
PLANTIO DO MILHO AVANÇA EM VÁRIAS REGIÕES DO RIO GRANDE DO SUL.
Semeadura já atinge 96 mil hectares, ou seja, 13% do total estimado
08/09/2018 16h16
Por: Gilmar Machado
Fonte: Emater-Ascar
Temperaturas baixas estão retardando o desenvolvimento das plantas (Foto: Divulgação/Emater-Ascar)
Temperaturas baixas estão retardando o desenvolvimento das plantas (Foto: Divulgação/Emater-Ascar)

Mesmo com o período chuvoso dos últimos dias, 96 mil hectares estão semeados com milho, o que corresponde a 13% do total estimado para essa safra 2018/2019, que é de 738 mil hectares.

De acordo com o Informativo Conjuntural, divulgado pela Emater-Ascar nesta quinta-feira (06), a geada ocorrida nessas áreas causou alguma queima nas pontas das folhas emergidas, que estão se recuperando e, em princípio, não será necessário nenhum replantio. As lavouras de milho em germinação e as já emergidas têm apresentado população adequada de plantas. Todavia as temperaturas baixas retardam o desenvolvimento das mesmas.

Trigo:

Na principal cultura de inverno, os tratamentos fitossanitários (aplicação de fungicidas) ficaram praticamente paralisados em função da alta umidade, que resultou em plantas molhadas por várias horas e propiciou o aparecimento de oídio, manchas foliares e pústulas de ferrugem.

As lavouras em florescimento também ficam suscetíveis ao desenvolvimento da giberela nas espiguetas, mas até o momento não há ocorrência significativa de pragas.

A cultura do trigo apresenta 36% das lavouras em floração e 24% em enchimento de grãos, percentuais esses próximos da média observada nos últimos anos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.