Segunda, 21 de maio de 201821/5/2018
55996230597 -- 55999899863 -- 55997318413
Banner 1
TRÂNSITO
Fim de semana do Dia das Mães tem 10 mortos em acidentes no Rio Grande do Sul
Balanço do Detran é inferior ao registrado no ano passado, quando foram 12 mortes ao fim da operação. Entre sexta (11) e domingo (13), 10 pessoas perderam a vida e 101 ficaram feridas.
Gilmar Machado Redentora - RS
Postada em 14/05/2018 ás 15h56
Fim de semana do Dia das Mães tem 10 mortos em acidentes no Rio Grande do Sul

Cinco pessoas da mesma família morreram colisão frontal na ERS-233, entre as cidades de Cruz Alta e Ibirubá, Noroeste do Rio Grande do Sul (Foto: Polícia Civil/Divulgação)


Em três dias, em meio ao fim de semana do Dia das Mães, foram registrados 145 acidentes no Rio Grande do Sul, segundo o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RS). Ao todo, 10 pessoas perderam a vida e 101 ficaram feridas.




Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (14). O período do Dia das Mães registra os piores índices de violência no trânsito entre os 15 feriados e festividades que contam com a fiscalização intensificada, conforme o Detran-RS.




O balanço é inferior ao registrado no ano passado. Em 2017, foram 12 mortes ao fim da operação. No entanto, dentro de um mês do acompanhamento de feridos, o número passou para 23.




Em 2018, a Operação Viagem Segura do Dia das Mães ocorreu entre a 0h de sexta-feira (11) e a meia-noite de domingo (13). No período, 12.811 veículos foram fiscalizados nas vias municipais, estaduais e federais do estado. Foram apuradas 4.807 infrações e recolhidos 312 veículos e 132 carteiras de habilitação.




Um dos acidentes mais graves ocorreu na noite de sábado (12), na ERS-233, entre as cidades de Cruz Alta e Ibirubá, na Região Noroeste. Foi uma colisão frontal entre um carro e um caminhão, em que morreram cinco pessoas da mesma família.




As vítimas foram os casais Regina Aparecida de Lima e Ângelo Alves Corrêa, ambos de 50 anos, Dirceu Alves Corrêa, de 59, e Isaltina Rosa de Lima, de 53 anos, e Matheus de Lima Caciamani, de 9 anos, neto de Dirceu e Isaltina. Dirceu era irmão de Ângelo, e Isaltina, irmã de Regina.




O caminhão em que o Ford Focus da família colidiu possui câmeras de segurança. Segundo a Polícia Civil, as imagens serão analisadas para esclarecer as circunstâncias do acidente.





O motorista do caminhão, de 34 anos, não sofreu ferimentos, mas foi encaminhado ao hospital em estado de choque.



FONTE: G1 RS
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
124

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados

contador gratuito

Site desenvolvido pela Lenium