domingo, 27 de maio de 201827/5/2018
55996230597 -- 55999899863 -- 55997318413
Banner 1
MUNDO
DJ Avicii morre aos 28 anos
Representante do artista sueco disse que ele foi encontrado morto nesta sexta
Gilmar Machado Redentora - RS
Postada em 20/04/2018 ás 19h04
DJ Avicii morre aos 28 anos

Avicii era o nome artístico de Tim Bergling | Foto: Facebook / Reprodução / CP

O DJ e produtor musical sueco Avicii, nome artístico de Tim Bergling, morreu nesta sexta-feira, aos 28 anos. A informação foi confirmada por sua assessoria, Diana Baron, em comunicado à imprensa dos Estados Unidos.


"É com profundo pesar que anunciamos a perda de Tim Bergling, também conhecido como Avicii. Ele foi encontrado morto em Muscat, Omã, nesta sexta-feira à tarde, hora local", revelou Baron, sem informar a causa da morte do artista. "A família está devastada e pedimos a todos para respeitar, por favor, a necessidade de privacidade deles nesta difícil ocasião", acrescentou.


Considerado um dos maiores nomes da música eletrônica recente, Avicii foi um dos primeiros DJs a se destacar no mainstream, à medida que a dance music eletrônica crescia na última década. Seus maiores sucessos incluem "Hey Brother" e "Wake Me Up", que foi o número um em toda a Europa em 2013 e contou com o cantor de soul Aloe Blacc.


Embora a morte tenha sido um choque, Avicii falou publicamente nos últimos anos sobre seus problemas de saúde, incluindo uma pancreatite, desencadeada em parte pelo consumo excessivo de álcool. A condição o obrigou a cancelar shows em 2014, quando ele teve que remover a vesícula biliar e o apêndice.


Em 2016, Avicii surpreendeu os fãs ao anunciar sua aposentadoria quando tinha apenas 26 anos, dizendo que queria deixar o estilo de vida da música eletrônica. O sueco, que durante anos foi um dos músicos eletrônicos mais lucrativos do mundo, naquele ano ficou em 12º lugar na lista de DJs mais bem pagos da revista Forbes, que disse que ele ganhou 14,5 milhões de dólares no ano anterior.


Em nota publicada em seu site no ano passado ele dizia que tinha voltado ao estúdio, "lugar onde tudo fazia sentido". "A próxima etapa será sobre o meu amor por fazer música para vocês. É o começo de algo novo. Espero que vocês gostem tanto quanto eu", escreveu na declaração.



Filho de Anki Liden, uma proeminente atriz sueca, Avicii começou fazendo upload de músicas na internet e foi descoberto pelo DJ holandês Tiesto, que o convidou para tocar em Ibiza. Seu primeiro sucesso, "Levels", que adaptou uma amostra da cantora de soul Etta James, lhe rendeu uma de suas duas indicações ao Grammy.


Ele tirou seu nome artístico da palavra em sânscrito para o nível mais baixo do inferno no budismo, adicionando um "i" no final por razões estilísticas. Em 2013, em uma entrevista ao Spotify, que ajudou a popularizar sua música, Avicii foi perguntado sobre o que queria estar fazendo dentro de 10 anos. "Espero que a mesma coisa, embora eu talvez não esteja tocando tanto ao vivo, talvez produzindo mais música", afirmou.


FONTE: Correio do Povo
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
157

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados

contador gratuito

Site desenvolvido pela Lenium