Sábado, 23 de junho de 201823/6/2018
55996230597 -- 55999899863 -- 55997318413
Banner 1
SAÚDE
RS tem 20 casos de febre amarela sob investigação, diz Saúde
Ao todo, o estado tem 27 casos notificados, sendo 16 apenas neste ano. Seis foram descartados, um confirmado e 20 estão em análise.
Jooh Silvestre Redentora - RS
Postada em 23/02/2018 ás 19h15 - atualizada em 23/02/2018 ás 19h23
RS tem 20 casos de febre amarela sob investigação, diz Saúde

Saúde diz que vacina da febre amarela está disponível nos postos de saúde (Foto: Agência Brasil)

epois de confirmar o primeiro caso de febre amarela no Rio Grande do Sul desde 2010, a Secretaria Estadual da Saúde informou que 20 casos da doença estão sob investigação. Ao todo, o estado tem 27 casos notificados, sendo 16 apenas neste ano. Seis foram descartados, um confirmado e 20 estão em análise.


Os dados estão no mais recente informativo epidemiológico divulgado pela Pasta. O boletim ainda traz informações sobre ocorrências de outras doenças, como dengue, chikungunya e zika.


O caso confirmado de febere amarela é importado. Trata-se de um fotógrafo de Jaguarão, cidade da Região Sul do estado, que havia viajado a trabalho em janeiro a Minas Gerais e agora está internado em um hospital de Pelotas.


Conforme a secretaria, o homem tem 27 anos e não tem histórico de vacina. Ele viajou a São Tomé das Letras, no estado mineiro, onde esteve em área de mata. Voltou ao Rio Grande do Sul em 27 de janeiro e já apresentava febre, vômitos, edema e dor muscular, e foi internado no mesmo dia na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Universitário São Francisco de Paula, em Pelotas. De acordo com a SES, o quadro clínico é estável.


Recomendação


A SES recomenda a vacinação contra a febre amarela, prioritariamente para quem circula ou mora junto a áreas de matas ou tem previsão de viagem para esses lugares, dentro ou fora do Rio Grande do Sul. Quem já tomou ao menos uma dose da vacina já tem imunização suficiente para toda a vida, pois ela deixou de ter validade de 10 anos e passou a ser dose única.


"A população do RS está orientada para se vacinar, com calma, com tranqulidade. Tem vacina para todo mundo, em todos os postos, em todos os municípios", afirmou o secretário João Gabbardo dos Reis.


"Temos 70% da população vacinada. Até o fim do ano queremos chegar a 90%, 95%", acrescenta.


Histórico da febre amarela no RS


O Rio Grande do Sul não apresentava casos confirmados de febre amarela desde 2010, quando foi registrado o último importado. Casos autóctones (contraídos dentro do estado) não são confirmados desde 2009.


No Brasil, entre 1º de julho de 2017 e 20 de fevereiro deste ano, foram confirmados 545 casos de febre amarela, sendo 164 óbitos, distribuídos nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal.


 



 


 


 


 


Dengue, chikungunya e zika


Sobre dengue, neste ano são 212 casos suspeitos sendo um importado confirmado, 124 descartados e 87 sob investigação. Conforme a Saúde, se comparado com anos anteriores, até o momento 2018 tem o menor número de casos confirmados da doença. São 33 casos notificados de chikungunya, mas nenhum confirmado até o momento, e 23 notificações de zika, mas sem confirmação. As três doenças são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

FONTE: G1 RS
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
120

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados

contador gratuito

Site desenvolvido pela Lenium