Quinta, 18 de janeiro de 201818/1/2018
55996230597 -- 55999899863 -- 55997318413
Trovoadas
21º
24º
28º
Redentora - RS
Erro ao processar!
Banner 1
ESPECIAIS
MEMBROS DA COMUNIDADE INDÍGENA DENUNCIAM SUPOSTA INTERFERÊNCIA EXTERNA
Membros da comunidade indígena denunciam suposta interferência externa
Gilmar Machado Redentora - RS
Postada em 30/12/2017 ás 03h59
MEMBROS DA COMUNIDADE INDÍGENA DENUNCIAM SUPOSTA INTERFERÊNCIA EXTERNA

Foto:Divulgação/RD

Uma nota assinada pelo cacique Marcelino Mineiro e pelo vice cacique Vilmar Sales, denuncia uma suposta interferência externa na questão do cacicado da Terra Indígena do Guarita.


A nota foi entregue em nossa redação no mesmo dia em que recebemos a informação de que Marcelino Mineiro está internado no Hospital Santo Antônio depois de complicação em uma cirurgia que ele teria feito. Segundo informações repassadas pelo assessor Cleber Tesche, Mineiro seria transferido nessa sexta-feira à noite para o Hospital da Unimed de Ijuí, onde ficaria no aguardo de leito na UTI. Seu estado de saúde, segundo Cleber Tesche, seria gravíssimo.


A mesma nota repassada para  nossa reportagem começa enunciando os artigos da Constituição Federal 231 e 232 que garantem autonomia aos povos indígenas para a escolha de sua lideranças. No mesmo parágrafo a nota cita que nem a FUNAI, nem o Ministério Publico Federal podem determinar que ocorram eleições e cita que esse poder também não cabe a uma comissão “criada entre quatro paredes”, se referindo a comissão eleitoral que está organizando paralelamente uma eleição para escolha de um novo cacique.


Eles ainda citam uma audiência que ocorreu em Brasília entre o Cacique Marcelino Mineiro e o presidente da FUNAI, onde esse teria garantido a autonomia da reserva para organização interna da comunidade. Ela ainda diz que a reserva está em paz e que não há nenhum conflito interno e que o grupo das atuais lideranças que estão no poder não vão transferir nenhum indígena que está contra o cacicado, bem como, não está coibindo e nem coagindo nem um integrante da comunidade.


O texto ainda diz que foi feita, por parte deles, uma denúncia ao Ministério Publico Estadual e Federal contra o prefeito de Redentora, Nilson Paulo Costa, dizendo que este estaria intervindo para que ocorra eleição para cacique. Eles dizem que o prefeito disponibilizou um ônibus escolar para levar indígenas contrário a atual liderança para uma audiência em Palmeira das Missões no MPF. Eles ainda dizem que pediram a retirada da Secretaria Municipal do Índio de Redentora de dentro da reserva já que ela estaria sendo usado como base para encontro dos adversários do Cacique Mineiro e sua liderança.


Nós tentamos contato com os respectivos Ministérios Públicos, mas não tivemos sucesso dado ao recesso do judiciário nesse final de ano. Já o prefeito de Redentora Nilson Costa disse que recebeu um requerimento pedindo a retirada da Secretaria do Índio de dentro da reserva e que a questão está sendo estudada com a mesma seriedade e respeito com que são avaliadas todas as demandas que chegam da comunidade indígena, partindo de lideranças ou não.


Quanto as denúncias ao Ministério Público, o prefeito disse que não tem conhecimento de nenhuma denúncia, mas que respeita toda a autonomia interna da Terra Indígena do Guarita e como prefeito de Redentora espera que a situação seja resolvida de maneira com que a vontade da maioria da comunidade prevaleça.


Eles encerram a nota reiterando que não vai ocorrer eleição e que a Terra Indígena do Guarita tem cacique e vice cacique constituídos.


CONTRAPARTIDA


Em contrapartida o grupo que está se mobilizando para realizar novas eleições tinha dado até a data de hoje para as chapas interessadas a se inscrever para concorrer ao cargo de cacique. O número e o nome dos possíveis inscritos serão divulgados, segundo informações, amanhã, também através de nota oficial.

FONTE: Sistema Província
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados

contador gratuito

Site desenvolvido pela Lenium