Segunda, 25 de setembro de 201725/9/2017
55996230597 -- 55999899863 -- 55997318413
Parcialmente nublado
15º
26º
28º
Redentora - RS
dólar R$ 3,16
euro R$ 3,74
Banner 1
ESPECIAIS
GALVÃO BUENO SERÁ A VOZ OFICIAL DO FILME DA HISTÓRIA DA CHAPECOENSE
O filme da Chapecoense está em produção e não há previsão de lançamento.
Gilmar Machado Redentora - RS
Postada em 01/09/2017 ás 15h31
GALVÃO BUENO SERÁ A VOZ OFICIAL DO FILME DA HISTÓRIA DA CHAPECOENSE

FOTO: Francisco Cepeda /AgNews

Galvão Bueno será a voz oficial do filme da Chapecoense. O narrador da Rede Globo, falou sobre o convite em entrevista ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, e narrou toda a sua rotina, desde que soube do que havia acontecido, passando pela cobertura na televisão, até o convite para participar do longa metragem.


MOMENTO DA NOTÍCIA
“Eu não sei, exatamente, como explicar. Digamos que faria parte da minha obrigação estar ali naquele momento. Uma tragédia daquela grandeza com um time de futebol. Eu estava jantando na madrugada, após fazer o Bem, Amigos!. Entre pagar a conta para ir embora, o telefone tocou e o Caio me disse: “Parece que houve um problema com o avião da Chapeoense! Não se sabe se caiu ou se foi pouso de emergência.” Eu pensei, meu Deus do céu!”


ROTINA APÓS O ACIDENTE
Começamos a apuração e eu falei para não nos precipitarmos. Enquanto não houver uma indício verdadeiro. Eu falei, torcendo para que não houvesse. Quando saiu a primeira foto do El Clárin da Argentina, eu já comecei a ligar para todo mundo e falei que sairia do restaurante, trocaria de roupa e já iria para a televisão para fazer o Bom Dia Brasil. E do Bom Dia, em São Paulo, eu fui para o Rio de Janeiro para fazer o encerramento do Jornal Nacional. Eu fiquei acordado 40 horas, e quando cheguei hotel eu não conseguia dormir. Aquilo entrou na minha vida realmente. Eu participei de forma intensa. E no dia do velório foram 7 horas de transmissão


CONVITE PARA FAZER O FILME
Eu recebi um prêmio agora, um dos maiores prêmios da minha vida. E eu agradeço a Rede Globo, por ter me liberado, a Chapecoense está produzindo um filme, da fundação da Chape, da sua história até o momento da tragédia e a reconstrução. E me pediram para que eu fosse a voz oficial desse filme e eu farei com o maior prazer. Mas é aquele prêmio que você gostaria de não ter recebido. Foi um momento realmente muito diferente, do lado humano. Porque a gente está acostumado a gritar gol, a levar alegria e tristeza, mas dentro da área esportiva. Foi uma coisa que veio muito mais da alma do que da mente.

FONTE: ZERO HORA
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados

contador gratuito

Site desenvolvido pela Lenium