domingo, 17 de fevereiro de 2019
55996230597 -- 55999899863 -- 55997318413
Especiais

10/02/2019 ás 11h08 - atualizada em 11/02/2019 ás 10h13

Gilmar Machado

Redentora / RS

Casal comemora 70 anos de casamento com cerimônia no RS: 'Foi o meu primeiro amor'
Laura e Virgílio Bevilaqua têm seis filhos, 14 netos, 10 bisnetos e dois tataranetos. Comemoração foi neste sábado (9) na Igreja São Luiz Gonzaga, em Gaurama, no Norte do estado.
Casal comemora 70 anos de casamento com cerimônia no RS: 'Foi o meu primeiro amor'
Casal voltou à igreja onde se casou há 70 anos para comemorar — Foto: Cristiano Junkherr/RBS TV

A manhã de sábado (9) foi especial para Laura, de 90 anos, e Virgílio Bevilaqua, de 95. Para comemorar o aniversário de casamento, o casal decidiu reviver esse momento em uma cerimônia na mesma igreja onde há 70 anos disseram "sim" um ao outro.


Os dois conheceram ainda crianças. Após alguns desencontros, namoraram, noivaram e, finalmente, casaram, em 1949, na Igreja São Luiz Gonzaga, no município de Gaurama, no Norte do Rio Grande do Sul. "Ele foi meu primeiro amor", definiu Laura.


Para ela, o segredo para uma relação duradoura é fé e paciência. “Sabe, temos que ter paciência, fé em Deus e muita paciência com o passar da vida, né? Quando vêm as coisas boas, quando vêm as coisas pesadas, mas sempre os dois se acertando, né?”, relata Laura.


O marido concorda. “Para mim, ela sempre foi uma senhora muito boa, ela sempre me atendeu muito bem e ela sempre teve paciência”, relatou o senhor de 95 anos, enquanto segurava carinhosamente a mão da companheira.


Da união deles, vieram seis filhos, 14 netos, 10 bisnetos e dois tataranetos. E se tem uma coisa que eles fizeram questão de passar para família é a força da união.


O amor dos avós inspira os netos. “A união é a base de tudo, eles sempre ensinaram para nós que a família é tudo”, contou a neta Idinéia Bevilaqua.


Orgulho também para os filhos que podem desfrutar e aprender muito com a companhia do casal. “Para nós, é um privilégio ver eles assim, pelas dificuldades da vida deles, e o amor que eles têm um pelo outro”, disse, emocionado, o filho mais velho, Nilto Bevilaqua.


E os olhos de Virgílio, que cativaram Laura há mais de 70 anos, seguem atentos à companheira. Uma história de amor que começou há décadas e que, se depender do casal, está longe de ter um fim.

FONTE: G1 RS

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium